Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009

Uma realidade falsa e nossa vida paralela

Você disse que mandaria notícias logo. No último email que me enviou. Isso faz exatamente dois anos e você nem sequer apareceu para dizer se estava vivo. A gente não tinha um compromisso, a gente não namorava, a gente não devia explicações um ao outro. Mas eu esperei as notícias. 


De todas as minhas histórias meio tortas, você é a mais torta de todas. De todos os meus amores meio declarados, você foi o mais escondido. De toda a minha realidade, você foi a parte mais falsa. 


Você não foi meu namorado, não foi uma paixão, não foi meu amor platônico, nem chegou a ser um amor. Você era só aquele que me ouvia (ou lia) quando eu queria muito escapar da minha própria vida. Quando eu estava muito cansada da minha rotina e você cansado demais da sua.


E eu era só aquela que te animava e acreditava que sua banda um dia seria famosa. Eu era só aquela que escutava você cantando no microfone a qualquer hora no msn. E você era só quem me dava notícias daquele que nunca aparecia. A gente começou tão ami…

A falta que você me fez - e que não faz mais.

Ontem senti falta dos nossos abraços - que eram tão nossos que acho que tínhamos que ter guardado em alguma caixa de Pandora e nunca ter os deixado escapar. Ontem senti falta das nossas verdades - que nem sempre eram absolutas, mas eram nossas e isso era tão bom. Ontem senti falta de um nós que não existe mais, que passou, que virou só eu/você. Ontem senti falta de um calor no peito que me faz falta e de uma ausência que nunca achei que faria também.

Você não estava ao meu lado todos os dias, não estava em minhas festas bregas de aniversário, nos almoços de família, nas saídas às sextas feiras à noite com qualquer um dos meus grupos de amigos. Você não estava quando foi difícil, quando foi bom, quando foi um pesadelo e nem quando foi um sonho. Não estava nas mãos dadas, nos ombros amigos, nos beijos no canto da boca ou em qualquer uma das coisas que eu possa me lembrar. Não estava comigo e não estava por perto. Você não estava no cinema assistindo aquele filme qualquer que com certeza…
"The bad guys lie to get in your bed; the good guys lie to get in your heart." (Brooke Davis - One tree hill)

De melhores amigas a quase nada.

All of the fun things we did together.
I thoughtwe'd be friends forever.  But then you had to leave. They say a true friendship never ends.
I have to disagree. [Best Friends - L.L. - modificada]

Eu não disse nada, apesar de querer dizer tanta coisa. Não éramos mais as melhores amigas de outrora, talvez pelo destino ou apenas por nossas escolhas - certas ou não. Não nos crucifiquei, porque eu sabia que essas coisas aconteciam.  É que doeu. Saber que você já tinha há tanto tempo quem a socorresse e saber que eu havia a substituído tão bem me fez desacreditar que havíamos sido mesmo aquelas grandes amigas que imaginávamos. Mas então, olhando de longe para você, entendi que as coisas simplesmente acabam, as pessoas simplesmente mudam e os sentimentos simplesmente vão embora. Eu continuava a gostar de você, continuava a me importar e continuaria a te ver com aquela frequência irrelevante. Mas eu não diria mais nada. Não me permiti me intrometer. Eu sabia que - teimosa do jeito que sempre f…