Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Pra minha melhor amiga - sempre.

Se eu dissesse que não lembro como é a vida sem você ao meu lado não estaria sendo exagerada, como adoro ser de vez em quando. Aliás, tudo o que se relaciona a você não tem nada de exagero. Você é minha melhor amiga sim, você é meu porto seguro sim, você é minha válvula de escape sim, você é a melhor parte de mim sim. Tá cheio de gente por aí que vive me decepcionando, me deixando com nó na garganta, me deixando desiludida e desacreditada nessa coisa que a gente vive chamando de amizade. A realidade, realidade mesmo, é que a gente vive se enganando quando diz de cara que algo é amizade. Amizade é o que nós temos: e ninguém nunca vai entender o que é isso além de nós duas. 

Ninguém nunca vai entender toda a cumplicidade, toda a necessidade de contar uma coisa só para aquela pessoa, de sair com qualquer grupo de amigos e ter que te chamar porque sem você as saídas não são as mesmas e nada tem tanta graça. Ninguém nunca vai saber a alegria que dá saber que você se orgulha de mim e nem o q…

Isso de ser amiga.

Não vou te cobrar retribuições de coisas que fiz por você. Minha mãe me ensinou - ou tentou ensinar - que a gente não deve fazer nada esperando algo em troca das pessoas. Mas foi mais na vida, na raça, no tapa na cara, que eu aprendi que não dá pra esperar nada  das pessoas. Entenda - eu sei disso, tenho consciência, aprendi na teoria, na prática e na dor. Mas existe isso de haver uma grande distância entre o que você sabe e o que você faz. E eu faço merda pra caralho. E eu espero coisas dos outros pra caralho. E não sei se você sabe, mas entre não te cobrar retribuições e não esperar retribuições há uma distância bem grande também. Sei lá, é bom saber que o outro faria o mesmo por você. Eu vou servir de ombro amigo cada vez que você precisar desabafar. Vou comprar suas dores, suas brigas, suas inimizades. Vou ouvir cada besteira que você tiver para falar, e vou dizer que é uma besteira, mas não vou te julgar além disso. Se você quiser se jogar de uma ponte, te seguro e sento nela enqu…

Faz sentido?

Ela gargalha de um jeito desesperado. Buscando qualquer mísero sinal de alguma coisa que faça sentido no meio desse caos todo. E sorri pro mundo, esperando que ele lhe sorria de volta. Dezenove anos buscando alguma coisa palpável, alguma coisa concreta, alguma coisa de útil. E no fim do dia, travesseiro e ela e Deus. Nada mais. Relacionamentos que não vingaram. Amizades que não duraram. E uma dor. E a alegria de cair e levantar e se reerguer e viver de um jeito que só ela sabe. Sorrindo hoje e amanhã desidratando de chorar. E depois passou. Ela é do tipo que sofre até não aguentar mais, até o coração parar de sangrar. Mas que quando fica bem, fica bem de verdade. De bochecha rosada e um sorriso que encanta a todos. E que dura. Mas no canto direito do sorriso, naquela covinha na bochecha direita, naquele detalhe que todo mundo comenta: a espera de algo que fique. A espera de um abraço, de um beijo, de um amor correspondido. E aí ela gargalha de um jeito desesperado. Sem abraço, sem bei…

Carta sem destinatário(a).

Eu não sei como eu deveria te chamar. 
Talvez, ex-amiga. 
Talvez ex-nada. 
Sem ex.
"Ex" me lembra exemplo. Exemplo de amiga não é exatamente o que você foi. 
Talvez eu também não tenha sido. 
Essa não é uma carta de desculpas. Na verdade não é uma carta, já que não vou te enviar. Talvez se você ainda lembrar desse blog, você veja. Acho difícil, você não lembra sequer de mim, né? Talvez eu seja uma puta injusta por tudo que ando falando sobre você, por tudo que senti de ruim sobre você, por tudo que eu não fiz pra manter uma amizade que era legal. Era legal, não era? Talvez eu tenha errado do mesmo jeito que você errou e talvez eu te devesse mesmo um pedido de desculpas. Você sabe, você teve coragem e pediu desculpas. E eu fui chata o suficiente para não acreditar nelas. E eu fui orgulhosa o suficiente para não pedir desculpas de volta. É, talvez eu não tenha sido um exemplo de amiga mesmo. 
Mas antes que tudo se inverta e eu seja a completa errada da história, vamos lembrar como a…