Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

Só mais um idiota

Portas arrombadas

Seria bom que alguém te falasse...

Seria bom que alguém pudesse te falar... Seria bom se eu escutasse os meus próprios conselhos. 
Olha, você precisa parar de guardar rancor. As pessoas erram o tempo todo e alguns desses erros vão te doer muito. Algumas vezes elas vão errar mais do que você acha que aguenta o baque. E tudo bem, você pode virar as costas e ir embora. Mas, depois, por favor, esquece. Esquece e nem é pelas pessoas, não. Esquece por você. Toda essa mágoa acumulada só vai te fazer mal. No fim, é só você que pode decidir ser leve e levar a vida de um jeito mais fácil. Você também vai errar. E, uma hora, vai errar muito feio. Do tipo daquele erro que você não perdoou nos outros. E você vai querer que te perdoem e talvez não perdoem. Você vai querer que entendam e talvez não entendam. É difícil se colocar no lugar do outro e ver que podíamos ter cometido os mesmos pecados em outras situações. 
Olha, algumas vezes vão te dizer que são seus amigos e não são. Tudo bem, isso faz parte do jogo todo. Em alguns momentos…

"Alguém me interne no paraíso"

Tô fazendo de tudo para não perder as estribeiras. Tô respirando fundo, contando até 100, usando todas as dicas que aprendi ao longo da vida sobre meditação. Tô tentando fazer aquilo que todo mundo repete que eu deveria fazer: levar tudo mais numa boa. Escutou bem? Tô fazendo de tudo para não enlouquecer, para não gritar, para não querer descontar cada porrada que ando levando. Tenho sorrido muito, rido com desespero, abraçado bastante. Tudo para não cair num choro compulsivo nem dar patada em gente que vai me cutucando com a vara curta. Acho que prender tanta coisa vai me render uma gastrite. Mas tudo bem, eu devia mesmo parar de brigar com todo mundo por causa de uns errinhos bobos. Não devia? Todo mundo erra sempre, todo mundo fala mal pelas costas, todo mundo falha. Então, fica quieta e respeita o erro alheio. Não foi o que me mandaram fazer? Levar tudo numa boa e parar de me importar tanto? Aprendi direitinho. A gente complica a vida, não é? Numa boa, eu cresci, mãe, já até sei de…

O "eu te amo" mais sincero da minha vida