Pular para o conteúdo principal

Rede da Felicidade – Faça parte você também

Há alguns dias, uma leitora aqui do blog, a Iara Beloti, me procurou para me apresentar um projeto super legal. Eu achei a ideia tão bacana que resolvi compartilhar com vocês, convidar todo mundo a espalhar esse projeto e participar também.

Trata-se da #RededaFelicidade. É uma forma que duas garotas pensaram em tentar levar um pouco de esperança, alegria e conforto para crianças e adolescentes com câncer. E nem é preciso de doação em dinheiro. Tudo o que elas pedem é sua criatividade, um pouquinho do seu tempo e suas palavras.

A ideia das duas garotas, Mércia e Luma, surgiu após uma entrevista feita pela Fátima Bernardes, no programa Encontro com Fátima. O entrevistado era um carteiro que escrevia cartas para idosos de um asilo, para que eles não se sentissem sozinhos ou abandonados. Veio o questionamento: por que não copiar essa iniciativa? Foi aí que surgiu a vontade de fazer o mesmo, ampliando o destino para orfanatos, APAEs e centros de crianças com câncer.

As garotas trataram de fazer um grupo no Facebook chamado #RededaFelicidade, no dia 20.08.2013. E foram convidando algumas pessoas. Cada membro do grupo foi dando suas opiniões e sugerindo instituições para escreverem. E chegaram na primeira escolhida: a GRAACC.

Funciona assim: cada membro envia, no mínimo, uma carta para a instituição. Como a maioria dos pacientes são crianças, pede-se que envie, também, um desenho para colorir. As cartas são impessoais e podem ser entregues a meninos ou meninas. 

A Mércia Caroline ainda explicou um pouquinho mais sobre o projeto: “A ideia é reunir o maior número possível de pessoas para escrever cartas para quem realmente precisa de atenção e carinho. E, com isso, aproveitar e incentivar que as pessoas façam trabalhos voluntários e conheçam instituições que precisam de ajuda”.

Para fazer parte, é muito simples!

Basta entrar no grupo do Facebook , esperar ser aceito e conseguir todas as informações necessárias. Você consegue acompanhar mais do grupo por aqui também:


Comentários

  1. Amei a iniciativa, quero participar! Vou atrás pra ver se consigo, vou lá nas redes sociais e tals, me informar direitinho!

    http://historiaimperfeita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Pfta iniciativa, nunca vi alguma igual ou parecida, acho lindo essas coisas.
    http://ex-pressando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que legal !
    Adorei a novidade , ainda não tinha visto sobre o assunto !
    Lindona, é lógico que já estou supeer seguindo e curtindo sua fan page e te convido a seguir meu blog tb e a curtir minha fan page. Meu canal do Youtube: tainaheille
    nossoblogdemodaa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O projeto é super legal, achei muito bonita a ideia das meninas!

    http://almostthemoon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Querido namorado da minha ex-melhor amiga,

Ela chorou durante uma semana quando o primeiro cara quebrou o coração dela. E a gente passou o fim de semana vendo Diário de Uma Paixão e Um Amor Pra Recordar por vezes seguidas. A gente comeu brigadeiro, e tomou sorvete, e eu dei colo, e eu ouvi e limpei as lágrimas. Você não viu, porque você não tava lá, mas eu tava. 
Ela sofreu para escolher que faculdade iria fazer. E me fez ir a palestras e cursos com ela, mesmo que eu não estivesse interessada em nada daquilo. E me fez saber um pouco mais sobre as profissões que tava considerando. E pediu minha opinião milhões de vezes. E só decidiu o que iria prestar no vestibular aos quarenta e cinco do segundo tempo. Você não ficou nervoso com a ansiedade de ver se ela tinha passado na faculdade pública, mas eu fiquei. Porque você não tava lá, e eu tava. 
Ela conheceu um monte de babacas nos anos seguintes. E algumas vezes chorou, algumas vezes bebeu, algumas vezes disse que nunca mais ia ficar com cara nenhum. Algumas vezes ela só dormiu com …