Pular para o conteúdo principal

Filmes estrangeiros para ver na Netflix

Sou apaixonada por filmes. De todos os tipos, gostos, cores, jeitos e trejeitos. Comédias românticas, dramas, ação, aventura, suspense e terror. Logo, sou completamente viciada na Netflix e acho que já até decorei os filmes que o site possui, de tanto que já assisti e procurei coisas que eu possa gostar por ali. E, por isso, decidi começar a indicar alguns achados e, claro, aceitar sugestões de vocês para filmes que eu ainda não vi (afinal, o repertório é grande).

Dessa vez, pensei em indicar 3 filmes estrangeiros que gosto muito. São filmes que fogem um pouco das indicações clássicas de filmes hollywoodianos, já tão conhecidos por todo mundo. 

Espero que gostem. E me indiquem filmes também. 

1. Paixão sem limites

Imagem: Reprodução
Conhecido por muitos por ser a adaptação espanhola do famoso romance italiano "Três Metros Acima do Céu", este filme tem um pedaço do meu coração. Primeiro porque é baseado em um dos meus livros favoritos, segundo porque é realmente muito fofo e terceiro porque "Mario Casas" (preciso mesmo dizer mais alguma coisa?). Não é um 'oh, que filme sensacional, que atuações, que história!", mas é um romance que prende sua atenção. Indico muito, sério.

2. Sou louco por você
Imagem: Reprodução
Este filme tem ainda mais meu amor. Ele é a continuação de Paixão Sem Limites (com o mesmo Mario lindo Casas) e foi uma grata surpresa. Eu sempre me recusei a ler este livro porque achava que iria odiar (uma vez que tinha me apegado à história do primeiro), até que um certo dia resolvi assisti-lo. E pronto, me apaixonei e me ganhou completamente. Superou meu amor por "Três Metros Acima do Céu". Indico o primeiro filme principalmente porque quero que assistam esse também. Ambos já serviram muito como inspiração para textos meus. 

3. Rindo à Toa
Imagem: Reprodução
Este livro possui uma versão americana, protagonizada pela Miley Cyrus, chamada LOL. Mas estou falando sobre o filme francês disponível na Netflix, com Christa Teret e Jérémy Kapone. Sexo, drogas, segredos, amizades, relações entre pais e filmes...todos os dramas adolescentes estão neste filme. A melhor parte? Ver um filme em francês é das coisas mais gostosas da vida, sério. 

Comentários

  1. Rindo à toa parece ser bem legal... Vou procurar depois^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me fala o que achoooou :D

      Excluir
  2. Esse post foi o empurrãozinho que faltava pra eu assinar Netflix rs'

    ResponderExcluir
  3. Paixão sem limites é perfeito *.* Vou assistir os outros dois filmes indicados também... E queria indicar um filme: "quando em roma" bjjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ver "Quando em Roma" então. Valeeeeu, Andréa. <3

      Excluir
    2. Quando em Roma não tem no netflix! onde posso achar?

      Excluir
    3. Karine magina sz

      Lícia, desculpe não olhei no netflix antes de postar o comentário mas, encontrei neste site que uso para assistir séries http://megafilmeshd.net/ espero ter ajudado. bjjs

      Excluir
  4. Eu encontrei o Sou louco por você antes do primeiro. Assisti todo. Deu pra pegar o que tinha acontecido, mas eu não tinha visto... então odiava a Babi HEHEHEHE Ficava pensando "que ex mais chata". Ameeeei o sou louco por você.
    Aí depois que descobri o primeiro. Confesso que eu me encantei muito com a história dele com a Babi, mas prefiro a mocinha do segundo. A babi decepcionou em uma hora mt dificil. :P Mas eu adoro os dois!

    Um beijo
    www.naotenhopressa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo e odeio a Babi, é incrível HAHAHAHAHAHAHAH Acho que mais odeio do que amo. E Sou Louco por você é só amor <3 <3 <3

      Excluir
  5. Paula14/4/14

    Karina, assisti Paixão sem limites e Sou louco por você pela indicação do seu blog e estou apaixonada por esses dois filmes. História linda, incrível e verdadeira. Amei amei! Quando tiver mais dicas de filmes, por favor compartilha :))

    ResponderExcluir
  6. Karine, passei o feriado assistindo esses filmes e meu Deus do céu hahaha. Fiquei louca com Paixão sem Limites (oi Hache)! Chorei que parecia que tava acontecendo tudo comigo! Ai fui assistir Sou Louco por Você morrendo de medo de não ser tão bom, mas amei também! Só criei uma pequena raiva das atitudes da Babi. Gente, como a personalidade dela se transforma de um filme pra outro. Enfim, nos indique mais filmes!

    ResponderExcluir
  7. Meeeu Deus estou apaixonada com os dois filmes : "paixao sem limites e sou louco por voce" sinceramente não sei dizer qual é melhor.. Adoreiii otima indicaçao Karine e ahhh amo seu blog.. Parabéns! beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Querido namorado da minha ex-melhor amiga,

Ela chorou durante uma semana quando o primeiro cara quebrou o coração dela. E a gente passou o fim de semana vendo Diário de Uma Paixão e Um Amor Pra Recordar por vezes seguidas. A gente comeu brigadeiro, e tomou sorvete, e eu dei colo, e eu ouvi e limpei as lágrimas. Você não viu, porque você não tava lá, mas eu tava. 
Ela sofreu para escolher que faculdade iria fazer. E me fez ir a palestras e cursos com ela, mesmo que eu não estivesse interessada em nada daquilo. E me fez saber um pouco mais sobre as profissões que tava considerando. E pediu minha opinião milhões de vezes. E só decidiu o que iria prestar no vestibular aos quarenta e cinco do segundo tempo. Você não ficou nervoso com a ansiedade de ver se ela tinha passado na faculdade pública, mas eu fiquei. Porque você não tava lá, e eu tava. 
Ela conheceu um monte de babacas nos anos seguintes. E algumas vezes chorou, algumas vezes bebeu, algumas vezes disse que nunca mais ia ficar com cara nenhum. Algumas vezes ela só dormiu com …