29 de outubro de 2014

Não dá pra continuar amando você

Outra noite de sono perdida. Há semanas que eu tento entender em que momento, no meio do caminho, a gente deu errado. Faço e refaço nossa história, passo a passo, e tento descobrir quando você deixou de me amar. Aí o pensamento mais assustador (aquele que tenho guardado bem lá no canto escuro do coração) surge: será que, algum dia, você realmente me amou?

No criado-mudo não tem mais o porta-retrato com a nossa primeira foto. No chão do quarto não tem mais a calça jeans que você costumava deixar por lá, sempre com preguiça de guardar no armário. No banheiro não tem mais seu desodorante, nem seu creme de barbear. Na cozinha não tem mais o complemento vitamínico que você me obrigava a tomar.

Em mim, no entanto, você ainda está.

Aqui eu carrego sua calça jeans, seu desodorante, nosso porta-retrato. Ainda durmo do meu lado da cama, mesmo que agora eu a ocupe sozinha.

Como é que alguém pode se tornar tão dependente do outro como eu me tornei de você, não é mesmo? Como é que alguém pode continuar a chorar, mesmo depois de você ter ido sem a menor consideração? Como é que pode alguém sofrer por alguém que sequer se prestou a dar satisfação? Eu-não-amo-mais-você era válido. Só não sair sem dizer o motivo.

Mas você foi embora. E eu fiquei. O que me resta é ficar da mesma forma que a casa ficou: vazia de você. Uma hora acontece. Uma hora eu te esqueço. Porque pelo menos uma coisa eu aprendi: não dá pra recriar uma história que já acabou.


Não dá pra continuar amando alguém que nunca pensou em voltar.






Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. "Uma hora eu te esqueço. Porque pelo menos uma coisa eu aprendi: não dá pra recriar uma história que já acabou."

    Exato.
    Texto maravilhoso!
    http://sentimentalismodesmedido.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Texto perfeito! Parabéns, amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)