Pular para o conteúdo principal

Parabéns pra você, Kah!

Às vezes faltam palavras até pra quem ama escrever. E, bom, pra desejar um feliz aniversário pra alguém como a Karine Rosa palavras não são suficientes. Talvez até sejam, mas ironicamente a única pessoa que penso que seria capaz de escrever um texto tão bonito quanto gostaria... é ela. A aniversariante do dia!

Mas posso tentar, né?

Se você é leitora da Kah há um tempo deve imaginá-la como doce, romântica, frágil e determinada... Mas não. Ela passa longe de ser só isso. É uma das pessoas mais ‘completas’ que eu já conheci. Ela é chuva e sol, preto e branco, praia e montanha, furacão e calmaria. Ela é romântica de dedo podre, é fortemente frágil e racionalmente emotiva. É ‘a’ e ‘z’, 8 ou 80, às vezes um 40, mas também pode ser 800.

A Kah é uma pessoa que me faz acreditar em mundo melhor, sabe? Aquela pessoa que te faz acreditar que as coisas realmente valem a pena, que ainda existe amor. Se existissem mais KarinE’s no mundo, ele seria um lugar quase perfeito. No meu mundo existe uma, e eu garanto que ela faz dele um lugar muito melhor pra se viver.

Ela tem um coração gigante e lá dentro cabe muita gente. Mas não se engane de achar que ele tá sobrecarregado. Tem muito amor dentro dele.

Ela não mede esforços por quem ama. É capaz de qualquer coisa pra tirar um sorriso de alguém. E olha, ela sempre consegue. É ótima com as palavras, mas disso vocês já sabem, né? Aliás,  essa é uma das minhas qualidades favoritas nela: o modo como sempre consegue passar com as palavras aquele sentimento que a gente esconde no coração.

E por esses e inúmeros outros motivos eu tentei fazer um texto à sua altura, Kah. Porque te desejar um simples parabéns e tudo de melhor sempre simplesmente não eram suficientes. Então aqui vai: muito obrigada por tudo! Eu desejo o melhor aniversário do mundo, com tudo o que você merece: amor, carinho, sucesso, saúde, amigos, comidas gostosas, livros sensacionais, oportunidades, Londres, palavras (muitas!) e tudo o que você desejar. Não tenho a menor dúvida do quanto você vai ser feliz e realizada, porque você tem um brilho interno que dá pra ver há quilômetros de distância.

Saiba que eu te amo muito e sou muito honrada por ter tido a oportunidade de te conhecer. Comecei lendo o seu blog e te achando uma escritora incrível, mas hoje sei por fato que você é muito mais incrível do que eu imaginei.

Parabéns, amore mio!

E fica o convite pra vocês, leitoras, deixarem um parabéns pra Kah aqui nos comentários. Afinal, ela merece, né?


Comentários

  1. Ká, meus parabéns! Muita saúde, momentos felizes e inspiração para nos proporcionar cada vez mais textos incríveis. Muita luz nesse novo ciclo! Amo o blog e tudo o que você escreve. Realmente você tem um dom de transformar sentimentos lindos em textos que todas as leitoras se identificam. Seja muito feliz sempre! Beijos e abraços :)) <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela mensagem e pelo carinho, Ana <3
      Te espero mais vezes por aqui :D

      Beijão

      Excluir
  2. Parabéns Kah, te desejo tudo de bom que há nesse mundo, abraços apertados, beijos demorados, sorrisos sinceros, flores, corações e principalmente muita, muita felicidade! haaaa e é claro, que nunca lhe falte palavras pra escrever esses textos tão lindos, fazendo com que suas leitoras, viajem por montanhas russas de sentimentos , em apenas um texto.
    Tudo bom! felicidades <3 :-* B-) :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gabrielle!
      <3 Mto mesmo!

      Beijos

      Excluir
  3. Viviane17/11/14

    Parabéns Karine! Que a vida te traga muitas coisas boas,muita inspiração,muitas palavras e principalmente muito sucesso! Que vc continue "conseguindo passar com as palavras aquele sentimento que a gente esconde no coração" e sendo essa escritora sensacional que todas nós leitoras amamos! <3 bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 Awn, obrigada mesmo, Viviane!

      Beijos

      Excluir
  4. Apenas para deixar registrado aqui mais uma vez que: cê quase me matou com esse texto, Paula Toledo. ahahha <3
    Love you

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hhahahaha lindonaaa!!! Que bom que gostou. Amo amo! <3

      Excluir

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Cansei de brincar de ser trouxa

Eu cansei das mensagens visualizadas e não respondidas. De ter que estar pronta pra quando você quisesse, mas nunca poder contar com sua presença quando eu queria. Eu cansei de ser sempre tudo do seu jeito, de mendigar sua atenção, de tentar me encaixar entre um horário e outro da sua agenda, de me esforçar pra caber nuns buraquinhos esquecidos da sua vida. 
Cansei das idas e vindas, cansei da falta de atitude, cansei das vezes em que você disse que eu era tudo o que você queria, só não era agora, só não era a hora. Eu cansei de escrever sobre você, de dizer que ia te esquecer, de voltar atrás, de tentar mais um pouco, de insistir mais um tanto. Eu cansei naquela noite em que você não voltou. Naquele silêncio em que a gente não dividiu. Na madrugada inteira que você não me aqueceu e eu morri de frio. 
Eu cansei depois daquele seu olhar vazio quando eu apareci de surpresa. Eu cansei de achar que era você, e era eu, você só não sabia. Porque, quando é, a gente sabe desde o começo. Eu cans…