Pular para o conteúdo principal

Com você eu não preciso de batom

Ontem, exagerei na maquiagem porque eu sabia que não iria te encontrar. Carreguei no rímel, deixei as bochechas bem rosas de blush e o batom vermelho passei pesando a mão. 

Você sabe. Não gosto de te beijar e te deixar cheio de batom. Só de vez em quando. Por você, fico sem batom. Com você, eu não preciso de batom. 

Rímel é um perigo ao seu lado. O suor, as lágrimas de paixão e riso e a quantidade de vezes que você me faz piscar deixam meus cílios sendo suas maiores vítimas. Vai borrar. Por você, eu fico sem rímel. Com você, eu não preciso de rímel. 

"Blush dá uma aparência mais saudável" diria aquele maquiador ótimo da perfumaria. Mas, você sabe. Eu prefiro quando suas ações me deixam corada.

Quando as suas palavras me deixam vermelha. Quando os seus olhares me deixam saudável. Por você, fico sem blush. Com você, eu não preciso de blush. Você é o meu blush. 

Com você, não preciso de maquiagem. Não preciso retocar defeitos, disfarçar olheiras. Com você, não preciso de máscaras, de metáforas. Com você tudo é naturalmente natural. Pra que tentar dizer aquilo que não existe? Por que não ser a verdade com você? 

É no encontro das nossas imperfeições que mora a liberdade de sermos quem somos.


Comentários

  1. Que lindo! Amei! Parabéns, Nivia!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu texto, Nivia!
    Quando a gente está com a pessoa certa: basta!
    Beijos
    http://sentimentalismodesmedido.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Incrível! Parabéns!!

    http://nada-bem-escrito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amei esse texto, sem palavras para elogiar, parabens

    http://pinkisnotrose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  5. Parabéns pelo blog lindona ,muito sucesso . Dá uma passadinha no Blog,e aproveite para se inscrever .E caso se inscreva no Blog,deixe seu link no Meu blog para que assim possa estar retribuindo sua inscrição :)
    Blog : http://anunciosparceriasdivulgacao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, o seu texto é lindo. Parece um livro que você começa a ler e não para mais, com gostinho de quero mais. Fiquei triste quando acabou :/ hahahah

    http://eaidebs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Karine mulher tu desistiu do blog foi? :( saudades dos seus textos..

    ResponderExcluir
  8. que pena que desistiu do seu blog, espero que tenham mais espiração para continua...
    Abraços

    http://www.umcontoliterario.com/

    ResponderExcluir
  9. > amei < o texto http://palavrademarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gente, não vão mais atualizar? :(

    ResponderExcluir
  11. Na real eu sou bem assim, quando estou com alguém não uso batom, mas sem sentido figurado haha !

    http://glifeblog.com/

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus, eu amei esse seu texto!
    Logo hoje q tô tão sentimental kk
    www.nuvensdedoces.blogspot.ocm

    ResponderExcluir
  13. Clap! Clap! Clap! :D

    http://www.sofiapiassi.com/

    ResponderExcluir
  14. É que pra ser amor também tem que amar os defeitos!
    http://as-extraordinarias.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  15. É que pra ser amor também tem que amar os defeitos!
    http://as-extraordinarias.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Querido namorado da minha ex-melhor amiga,

Ela chorou durante uma semana quando o primeiro cara quebrou o coração dela. E a gente passou o fim de semana vendo Diário de Uma Paixão e Um Amor Pra Recordar por vezes seguidas. A gente comeu brigadeiro, e tomou sorvete, e eu dei colo, e eu ouvi e limpei as lágrimas. Você não viu, porque você não tava lá, mas eu tava. 
Ela sofreu para escolher que faculdade iria fazer. E me fez ir a palestras e cursos com ela, mesmo que eu não estivesse interessada em nada daquilo. E me fez saber um pouco mais sobre as profissões que tava considerando. E pediu minha opinião milhões de vezes. E só decidiu o que iria prestar no vestibular aos quarenta e cinco do segundo tempo. Você não ficou nervoso com a ansiedade de ver se ela tinha passado na faculdade pública, mas eu fiquei. Porque você não tava lá, e eu tava. 
Ela conheceu um monte de babacas nos anos seguintes. E algumas vezes chorou, algumas vezes bebeu, algumas vezes disse que nunca mais ia ficar com cara nenhum. Algumas vezes ela só dormiu com …