Pular para o conteúdo principal

2015: o ano em que eu quis sumir

Eu sumi. Dizem. Por dois ou três meses, me escondi em mim, dei uns perdidos na vida, não quis conversar, não quis contar nada, não quis saber da vida de ninguém. Me concentrei em mergulhar na imensidão de dúvidas que eu vinha abafando já há um bom tempo: o que eu quero da vida, quem eu quero ser, o que eu quero fazer daqui pra frente, por que eu nunca sou boa o suficiente pra ninguém ou pra nada, por que dói se devia estar tudo bem? Eu precisava me encontrar com um “eu” que não queria ver pra tirar certas coisas a limpo.

Pra ser sincera? Andava um pouco me culpando pelas escolhas que fiz, pelas pessoas que deixei escapar, pelos caminhos que tomei. Andava ficando meio amargurada, sabe? E não tava bem, não tava. Fugi dos outros não pelos outros – por mim. Eu estava mesmo um saco, eu sabia, e ninguém tinha que aturar, ou entender, ou aguentar. Certos monstros são só nossos – a gente que tem que saber lidar. E eu não tava sabendo.

Eu sumi, dizem. Fui resolver uns problemas comigo, fui entender no que eu queria melhorar, o que eu queria mudar. Precisei de um tempo pra mim, entende? Sei que doeu em alguns ficar sem notícias, sei que doeu em alguns me sentir fria, sei que doeu em alguns não saber de mim. Por isto, peço desculpas. Juro mesmo: desculpa. Eu só estava tentando me encontrar.

Resolvi umas neuras na cabeça. Sofri uns baques, lidei com umas mortes, revivi umas dores e tive que correr pro meu lugar preferido na vida pra recuperar as energias. Mas passou. Uma hora passa, sempre passa. Uma hora, a gente faz curativo nas feridas, engole a dor e segue em frente. Tô aqui pra dizer que segui.

Como disse esses dias: a gente vai ser feliz, vai sim! E, quando não der pra ser feliz, que pelo menos passe rápido. Que passe.

Comentários

  1. As vezes é necessário se fechar para o mundo e para todos, de vez em quando eu faço isso,fujo um pouco me tranco na minha bolha para poder sentir o silêncio necessário para poder pensar em tudo.

    Www.garotadosuburbio.com

    ResponderExcluir
  2. Viviane5/4/15

    "As vezes o que você precisa é se desligar do mundo,organizar a mente e voltar a viver" Acho que foi isso o que aconteceu com vc Ka e que aconteceu comigo também, só que no ano passado. Estava com questões,mágoas,decepções,dúvidas,angústias e medos pra resolver.E não estava aguentando ir empurrando com a barriga e deixando pra amanhã todas essas coisas. Parei.Me desliguei de tudo e de todos. E posso dizer? Foi a melhor coisa que eu fiz. Hoje em dia não estou com todas as questões resolvidas,até porque é impossivel viver sem problemas mas estou muito mais feliz e bem resolvida comigo mesma. Que tudo isso tb já tenha passado pra vc e que vc esteja bem!! Beijos e se cuida linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Viviane!
      Tô bem sim!
      Espero que você tbm esteja!

      Beijão, se cuida

      Excluir
  3. Texto maravilhoso. É exatamente assim que estou me sentindo este ano, também sumi e estou tentando resolver meus problemas internos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga resolvê-los <3

      Obrigada!
      Beijão

      Excluir
  4. Fazia tempo que eu não me identificava tanto com um texto. Também tenho costume de sumir por um tempo, às vezes a gente precisa se encontrar em nós mesmos. Espero que esteja tudo bem na medida do possível!

    http://nostalgiacinza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tá tudo bem sim <3
      e realmente, às vezes, a gente precisa de uns momentos só nossos!

      beijão

      Excluir
  5. Me identifiquei muito com esse texto,porque estou passando pela mesma coisa,
    Mas acho que é necessário mesmo esse tempo,vamos encontrar a nós mesmas,
    cada uma num tempo diferente e então vamos entender o porque de muitas coisas!!

    http://trancadoasetechaves.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que "passe" pra você tbm, tá?
      E que você se encontre como eu consegui me encontrar!

      Beijos

      Excluir
  6. Lindo Kah.
    Sempre precisamos de um tempo pra organizar a vida e as bagunças, mas fico feliz que vc esteja de volta, sempre que quiser fugir, fuja, mas volte... Pq senti sua falta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, LINDA <3

      Voltei <3

      Obrigada pelo carinho!
      beijos

      Excluir
  7. Adorei karine, lindo texto, cheguei a me arrepiar!

    https://milluas.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que curtiu! <3

      Beijos

      Excluir
  8. Oinnn! que lindo! Parece que vc escreveu pra mim!!! Muito bom. Parabéns.
    Beijinhos.
    http://www.verdadeescrita.com/brazilian-vivendo-na-australia/

    ResponderExcluir
  9. No fim do ano eu passei pela mesma coisa
    Queria me fechar, não queria festejar o fim do ano.Só queria esquecer e pensar, apenas pensar...
    Quando li esse texto achei que tinha escrito pra mim hahaha
    http://portrasdosmeussonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ainda me pergunto como é possível eu me encontrar tanto nessas palavras. Sempre que me sinto perdida venho no teu blog. Meu Deus Karine! Seus textos são perfeitos!

    Quando Acordei

    ResponderExcluir
  11. Karine me representando ...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Querido namorado da minha ex-melhor amiga,

Ela chorou durante uma semana quando o primeiro cara quebrou o coração dela. E a gente passou o fim de semana vendo Diário de Uma Paixão e Um Amor Pra Recordar por vezes seguidas. A gente comeu brigadeiro, e tomou sorvete, e eu dei colo, e eu ouvi e limpei as lágrimas. Você não viu, porque você não tava lá, mas eu tava. 
Ela sofreu para escolher que faculdade iria fazer. E me fez ir a palestras e cursos com ela, mesmo que eu não estivesse interessada em nada daquilo. E me fez saber um pouco mais sobre as profissões que tava considerando. E pediu minha opinião milhões de vezes. E só decidiu o que iria prestar no vestibular aos quarenta e cinco do segundo tempo. Você não ficou nervoso com a ansiedade de ver se ela tinha passado na faculdade pública, mas eu fiquei. Porque você não tava lá, e eu tava. 
Ela conheceu um monte de babacas nos anos seguintes. E algumas vezes chorou, algumas vezes bebeu, algumas vezes disse que nunca mais ia ficar com cara nenhum. Algumas vezes ela só dormiu com …