Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Não, eu não quero ser salva

Olha, acho que a gente precisa conversar. Conversa franca, papo reto, de uma vez por todas, sabe? Preciso falar desta coisa que, para mim, parece tão óbvia, mas, para você não faz muito sentido: 
Eu não preciso ser salva da solteirice. 
Você pode deixar para lá, ok? Essa coisa de querer que eu arranje um namorado, conheça alguém legal, aquele amigo do seu namorado que está disponível, um conhecido que você jura que tem tudo a ver comigo, aquele irmão da sua amiga. Esquece. Eu não quero conhecer ninguém com a obrigação de ser o novo cara da minha vida. E, se uma hora eu quiser, deixe que seja escolha minha. E não por que você acredita que eu preciso de alguém pra me fazer feliz.
Porque eu não preciso.
Eu sei que eu escrevo sobre o amor, eu sei que eu adoro comédia romântica, eu sei que, às vezes, eu também reclamo que, caralho, não conheço ninguém legal. Mas isto não quer dizer que você precisa fazer da minha solteirice a sua missão, ok? Eu não tô numa torre com a vida congelada esperando …

Cansei de brincar de ser trouxa

Eu cansei das mensagens visualizadas e não respondidas. De ter que estar pronta pra quando você quisesse, mas nunca poder contar com sua presença quando eu queria. Eu cansei de ser sempre tudo do seu jeito, de mendigar sua atenção, de tentar me encaixar entre um horário e outro da sua agenda, de me esforçar pra caber nuns buraquinhos esquecidos da sua vida. 
Cansei das idas e vindas, cansei da falta de atitude, cansei das vezes em que você disse que eu era tudo o que você queria, só não era agora, só não era a hora. Eu cansei de escrever sobre você, de dizer que ia te esquecer, de voltar atrás, de tentar mais um pouco, de insistir mais um tanto. Eu cansei naquela noite em que você não voltou. Naquele silêncio em que a gente não dividiu. Na madrugada inteira que você não me aqueceu e eu morri de frio. 
Eu cansei depois daquele seu olhar vazio quando eu apareci de surpresa. Eu cansei de achar que era você, e era eu, você só não sabia. Porque, quando é, a gente sabe desde o começo. Eu cans…

Por aqui, por ali e por aí

Eu sei que de vez em quando vocês reclamam que eu sumo por aqui (e eu sumo mesmo, é verdade), então vim relembrar vocês que vira e mexe tem post meu em outros blogs também. Vocês podem encontrar textos meus lá no Depois dos Quinze e no Entre Todas as Coisas também.

E vocês podem sempre me encontrar no twitter @kahrosa, no instagram @kahrosawho ou no snapchat /kahrosa. E falando em outros blogs, tô querendo fazer um novo post de indicações. Então, se quiserem, deixem os links com seus blogs nos comentários para eu dar uma olhada. Gracias, besos