Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

A minha dor é diferente da sua, meu bem. Ainda bem.

Doeu quando a sua atualização de status de relacionamento surgiu na minha frente. Abrir o seu perfil e ver que a nossa foto não está mais na capa. Não é mais o meu sorriso bobo que enfeita o seu facebook. 
Doeu pra caralho quando vi que o meu perfil tá vazio sem você, enquanto o seu já tem alguém no meu lugar. Doeu pra caralho ler a legenda da foto que você colocou com ela. Doeu demais porque era a mesma que você costumava colocar nas nossas fotos. 
Doeu muito no dia em que você me deixou. Por uma mensagem de texto. Por uma briga idiota. 
Doeu mais ainda quando você explodiu porque eu não aceitei voltar. Eu já não aguentava mais aquela palhaçada toda. “Seu amor todo era falso então, e a sua frieza me espanta”, você me disse. Doeu.
Dói. 
Mas sabe o que não dói? Deitar a cabeça no travesseiro pra dormir. A minha consciência tá tranquila. O coração ainda bate meio dolorido sentindo a sua falta, mas carrego a paz de saber que fiz tudo o que podia, que me entreguei por inteiro. Te coloquei em p…

A gente é quem sabe, pequena

"E até quem me vê lendo jornal na fila do pão sabe que eu te encontrei"
(Último Romance - Los Hermanos)

Do abraço no fim do dia pra recuperar as energias. E sobre ser o colo um do outro nos momentos de desespero. Dos segredos divididos na cama, os medos debaixo do travesseiro, as inseguranças, o desejo que dê certo contrariando a tudo e a todos. E sobre segurar a mão do outro num gesto mudo, dizendo só: relaxa, eu tô aqui. Disso tudo eles não sabem. Porque eles não tão.

Os sonhos que a gente resolveu compartilhar. E sobre as noites acordados. Aquela quinta-feira em que a gente achou que não tinha mais jeito. E do dia em que a gente descobriu que amar nem sempre é fácil, mas que a gente topava tentar mais um pouco. Das brigas, dos ciúmes, das lágrimas, da vontade de mandar o outro sumir ao mesmo tempo em que a gente não quer largar. Ninguém sabe. Ninguém sabe o esforço que é amar apesar de.

Sobre o quanto quem nos ama torce pra gente dar certo. E como a gente queria que nada entr…