Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Mas você devia saber melhor

Disseram que eu não te amei. Que meus sorrisos eram falsos, que minhas declarações eram vazias, que eu fingi amor e fingi paixão e fingi que queria ficar com você. Disseram que eu nunca quis, que eu era só mais um babaca entre os tantos babacas que você encontrou. Que eu não merecia seu carinho, nem sua saudade, nem suas memórias. Disseram que todas as coisas que eu te prometi eram mentira, que eu nunca lutei por você, que eu só atrasei sua vida no tempo em que a gente ficou junto. E eu nunca liguei pra nada do que disseram.
Mas você devia saber melhor. 
Pensaram que era porque eu queria alguém com os sonhos parecidos com os meus. Que eu me achava superior. Que eu não te achava tão bonita. Pensaram que era por causa das minhas novas amizades, dos novos lugares que eu frequentava, do meu novo trabalho. Pensaram que eu cansei porque é isso que eu faço: canso rápido. E eu não liguei pro que pensavam. 
Mas você devia pensar melhor.
Acharam que eu te traí. Que eu queria voltar com a minha ex. …

Por favor, não fique

Mandei uma última mensagem pra você, jurei pra mim mesma, a última, só pra ver se não é dessa vez que você descobre que me quer mais do que já quis qualquer outra mulher na vida. Você não responde e a mensagem já tá lá com aqueles dois malditos tiques de visualizada, mas eu me iludo que você tava ocupado no trabalho, ou no meio de uma conversa importante com seus pais, ou num rolê com os amigos em que prometeram não mexer no celular. Eu arranjo desculpa para todas as suas ausências e justifico suas indecisões, só pra não admitir que você não me respondeu por um único motivo: você simplesmente não quis.
Você deve rir de todas as vezes em que eu me tornei clichê pra insistir que você continuasse na minha vida, que por favor me amasse, que por favor decidisse que era comigo que você queria estar. Cê deve ficar cansado de todas as vezes em que eu não tive medo de expor meus sentimentos e colocar as cartas na mesa porque eu achei que, se você soubessse o tanto que eu te queria, você ia me q…

Eu vim pra terra dos cangurus

Coisas que eu não sabia sobre Sydney antes de vir para cá: o tempo é louco igual São Paulo (você sai de casa no verão e volta no inverno); o transporte público funciona, mas é um pouco complicado de entender e se acostumar; australianos abreviam tudo, tu-do; você vai encontrar mais baratas do que gente nessa cidade, é impressionante; você também vai encontrar mais brasileiro e asiático do que australiano, é um fato; você vai sair daqui com “sorry” no seu vocabulário, por mais que você tente evitar. Sorry.
Coisas que eu já imaginava quando escolhi fazer intercâmbio aqui: a cidade é muito cara, muito mesmo, mas se você começa a trabalhar aqui e para de converter, fica mais aceitável; nos dias em que resolve fazer calor, é muito calor mesmo!; ir pra praia com frequência é uma das coisas que mais acalma a alma no mundo; em alguns momentos, a Austrália te lembra um pouco o Brasil; e, por mais que você tenha estudado inglês a vida inteira, australianos ainda vão conseguir te deixar confuso c…

Querido amigo, quanto tempo!

Foi meu aniversário outro dia. Você não ligou – mas tudo bem, sem acusações, provavelmente eu tenha me esquecido do seu aniversário também. É isso o que acontece quando a gente se afasta: a gente esquece. A gente não se lembra de ligar no dia do aniversário pra desejar aquelas coisas de sempre. Nem sequer de colocar alguma mensagem clichê no Facebook. A gente se esquece de incluir aquela pessoa que um dia foi tão importante em poucos segundos do nosso dia, porque a vida nos consome demais, as novas pessoas nos exigem demais e porque, simplesmente, não dá pra segurar todo mundo que passa pela gente na nossa vida. É um fato: não dá.
Mas eu não queria ter esquecido. Acho que você, aí no fundo, também não.
Eu não queria ter esquecido que a gente entrou no nosso primeiro dia de aula no jardim de infância lado a lado, mãos dadas, como se disséssemos um pro outro: relaxa, eu tô aqui. E eu não queria ter esquecido que a gente esteve ali por muito tempo. Que eu ia quase todos os dias na sua ca…