Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

Querido namorado da minha ex-melhor amiga,

Ela chorou durante uma semana quando o primeiro cara quebrou o coração dela. E a gente passou o fim de semana vendo Diário de Uma Paixão e Um Amor Pra Recordar por vezes seguidas. A gente comeu brigadeiro, e tomou sorvete, e eu dei colo, e eu ouvi e limpei as lágrimas. Você não viu, porque você não tava lá, mas eu tava. 
Ela sofreu para escolher que faculdade iria fazer. E me fez ir a palestras e cursos com ela, mesmo que eu não estivesse interessada em nada daquilo. E me fez saber um pouco mais sobre as profissões que tava considerando. E pediu minha opinião milhões de vezes. E só decidiu o que iria prestar no vestibular aos quarenta e cinco do segundo tempo. Você não ficou nervoso com a ansiedade de ver se ela tinha passado na faculdade pública, mas eu fiquei. Porque você não tava lá, e eu tava. 
Ela conheceu um monte de babacas nos anos seguintes. E algumas vezes chorou, algumas vezes bebeu, algumas vezes disse que nunca mais ia ficar com cara nenhum. Algumas vezes ela só dormiu com …

"Eu cresci quando você não estava olhando"

Esses dias, uma amiga me falou que, me vendo assim de longe, do outro lado do mundo, ela tinha a impressão de que eu tinha crescido - e que ela tinha perdido uma parte desse processo. Aquilo ficou martelando um tempo na minha cabeça, porque essa é exatamente a sensação que eu tenho quando penso nos meus meses de Austrália. 
Eu cresci quando me vi sozinha, sem amigos, sem família, sem colo, sem abrigo, sem lugar seguro - no meio de um mundo de gente, um monte de novas culturas, um monte de medos novinhos. Eu cresci quando tive que me virar em outra língua, quando tive que lidar com pessoas totalmente diferentes de mim, quando precisei pensar em como iria pagar minhas contas, quando visitei três mercados no mesmo dia pra achar o que eu queria com os melhores preços.
Eu cresci quando tive ataques de pânico no meio do dia e não ia ter ninguém acordado pra me escutar, então eu só respirei fundo até passar. Eu cresci quando descobri maneiras de ser feliz mesmo longe de todo mundo sem me senti…

Pensei em te ligar

Pensei em te ligar cerca de quinze vezes na última semana. Ensaiei dizer pra sua mãe que você tinha esquecido uma bermuda aqui, caso ela atendesse. Diria pro seu pai que apenas queria saber se você estava bem, e ele ficaria contente com isso. Pra sua irmã, eu não precisaria falar nada – ela entenderia tudo. Ela sempre entendeu. Mas pra você...pra você eu não saberia o que falar.
Acho que não tem muito o que dizer depois que tudo já foi dito. Você também não é alguém que queira ouvir. Achei que fosse, lá atrás, mas também achei tanta coisa. Achei que você respeitava meus traumas e não colocaria os dedos nas minhas feridas apenas pra me magoar quando o fim chegasse. Achei que eu podia contar com você quando doesse, sem me dar conta que você podia se tornar quem mais faria doer. Achei que encostar a cabeça no seu peito num fim de tarde qualquer me faria ter pra sempre a sensação de que eu teria um lugar pra voltar. Achei que você ia ficar.
E, entre todas as coisas que achei, a que mais do…