Pular para o conteúdo principal

É hoje que a gente chega ao fim?


Eu queria te avisar que tamo a um passo. É aquele momento do tudo ou nada. Sabe? Ou a gente se joga de uma vez e resolve nossos impasses ou cada um pra um lado, vai com Deus, fico com Ele. É que eu não tenho mais paciência pra todo o charminho, os jogos, os ciúmes, as briguinhas bestas e os gritos nas discussões sérias. Sabe quando o coração diz chega? Eu quero mais é que a gente seja feliz. Ainda que isso signifique você de um lado do mundo e eu d'outro. 

Mas tá tudo bem, viu? É só que eu não tenho mais saúde pra gostar desse jeito adolescente de quem precisa sempre meio que gritar pra demonstrar um amor que, às vezes, sequer existe. Tô de saco cheio de amor que cansa. Amor que suga as energias pra provar todo tempo que ainda é amor. Eu preciso, pelo amor de Deus, de um amor calmo. Entende? Eu cansei dessas paixões avassaladoras. 

Eu cansei de brigar dia sim e no outro também. E de viver entre uma reconciliação e outra. E das pessoas que nos amam nos olhando a todo momento como se estivéssemos prestes a acabar a cada segundo. Eu cansei de acordar e me perguntar em silêncio se é hoje. Será que é agora que chega ao fim?

Por isso, passei pra te avisar que ou nosso amor amadurece ou a fruta estragada vai acabar no lixo. É isso aí, não tem muito mais o que fazer. Fiz um pacto aqui comigo que eu me recuso a insistir no que me faz infeliz. Entende isso? Não dá pra ficar pra sempre em um relacionamento que me faz mais mal do que bem. Isso não é pra mim. Acho que não é pra você também.

Não é que eu ache que amor seja apenas flores. Eu sei que às vezes amar dói. Sei que dividir a vida envolve sacrifícios, sei que às vezes a gente tem que abrir mão. Sei que pode ser que tenha lágrimas, luta, cansaço, tristeza. Eu sei que amor não é comédia romântica da Sessão da Tarde. 

Mas, sejamos sinceros, tem que ser mais do que isto. Não tem? Amor tem que ser mais do que esses nossos gritos. Tem que ser mais que essas nossas brigas. Essas nossas tentativas frustradas de ficar junto apesar de não querer mais estar junto. 


Tem que ser. Mais do que tudo isso. 
De verdade, querido.
Amor tem que ser mais do que nós dois.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Querido namorado da minha ex-melhor amiga,

Ela chorou durante uma semana quando o primeiro cara quebrou o coração dela. E a gente passou o fim de semana vendo Diário de Uma Paixão e Um Amor Pra Recordar por vezes seguidas. A gente comeu brigadeiro, e tomou sorvete, e eu dei colo, e eu ouvi e limpei as lágrimas. Você não viu, porque você não tava lá, mas eu tava. 
Ela sofreu para escolher que faculdade iria fazer. E me fez ir a palestras e cursos com ela, mesmo que eu não estivesse interessada em nada daquilo. E me fez saber um pouco mais sobre as profissões que tava considerando. E pediu minha opinião milhões de vezes. E só decidiu o que iria prestar no vestibular aos quarenta e cinco do segundo tempo. Você não ficou nervoso com a ansiedade de ver se ela tinha passado na faculdade pública, mas eu fiquei. Porque você não tava lá, e eu tava. 
Ela conheceu um monte de babacas nos anos seguintes. E algumas vezes chorou, algumas vezes bebeu, algumas vezes disse que nunca mais ia ficar com cara nenhum. Algumas vezes ela só dormiu com …