Pular para o conteúdo principal

Por que a gente quer tanto engolir o mundo?



Eu queria ler todos os livros daquela lista gigantesca que fiz esses dias. Mas queria logo, porque ando assim nos últimos tempos: com uma necessidade de tudo para ontem. Preciso ver uns filmes que todo mundo já viu e ser contratada e subir na carreira e ter um salário que me deixe viajar pelo mundo inteiro porque, você sabe, a minha "geração" já conhece o mundo todo. Odeio textos que falem sobre uma "geração" em que eu quase nunca me encaixo, apesar de saber que, em algum momento, a gente realmente deixou essa pressa toda dominar, essa vontade de ser, de ter, de ver e tudo pra agora, tudo pra logo, tudo pra já.

Tenho dois livros iniciados e, esses dias, entrei em desespero porque não consigo acabá-los logo. E, se eu não conseguir acabá-los, como lutar pela publicação, como crescer, ser e aparecer? Como finalmente virar o que todo mundo à minha volta vive dizendo que eu poderia ser, porque parece que todo mundo vê um potencial que eu quase nunca consigo alcançar?

Vira e mexe acabo me comparando com gente da mesma idade que já faz muito sucesso na vida e questiono todas as minhas escolhas. Tipo olhar para quantas estatuetas de premiações diferentes a Jennifer Lawrence (que é apenas um ano mais velha do que eu) já ganhou. Ou pensar em quanto o Neymar (mais novo do que eu) ganha por ano. É difícil olhar pra eles e não pensar: o que é que eu tô fazendo da minha vida?, por mais que eu saiba que não é saudável fazer certas comparações. E aí a pressa só aumenta.

Outro dia, minhas amigas estavam falando sobre casamento e eu me vi em uma crise. E é normal as pessoas pensarem que foi uma crise porque eu tô solteira há muito tempo ou porque eu ando carente ou qualquer coisa assim. É difícil que entendam que não, não é medo de ficar solteira.

O medo que eu tenho é de ficar pra trás.

É medo de não ver o suficiente, não ler o suficiente, não viver o suficiente. Medo de não conhecer todos os lugares que queria, nem fazer tudo aquilo que eu sempre sonhei. É medo de não ter tempo. É medo de que o mundo não caiba em mim - ou eu não caiba no mundo.

Sei lá se é coisa de geração. Se é coisa de vinte-e-poucos, trinta-e-poucos, ou só dessa gente de muitos. O que eu queria de verdade era saber isso: como é que faz pra acalmar um pouco e fugir dessa corrida que a gente inventou que a vida precisa ser?


Comentários

  1. por favor me conte quando descobrir ! estou exatamente com esta sensação ! Isso porque acabei de fazer 30 ... é uma pressa, que nao sei de onde vem ... parece que nao vou ter tempo de fazer tudo, sei la ! Adoro seu textos !! bjossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, parece que a gente não vai ter tempo, né?
      Tem o lado bom (a gente luta pra conquistar nossos sonhos mais rápido) e o lado péssimo (é muita pressão!), né?
      Mas uma hora a gente consegue achar o meio termo.

      Obrigada pelo comentário! <3

      Excluir
  2. Quando descobrir não esqueça de nos contar, pois é exatamente assim que me sinto quando paro para pensar na vida, tipo o tempo tá passando rápido demais só que eu não consigo sair do lugar... parece que todo mundo consegue se tornar alguém, seguir com a vida e tals, mas eu estou assim, parada no tempo e ficando para trás... adoro seus textos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A impressão que a gente tem é essa, mas calma: respira. De pouquinho em pouquinho, a gente chega lá! (e tô falando isso pra mim e pra você ahahah)

      Beijão, obrigada!

      Excluir
  3. A sensação é exatamente essa! Quero tudo para ontem, quero me formar, quero começar outro curso, quero crescer, me mudar, conhecer, criar, ganhar, ajudar, doar e não tenho tempo e muito menos materiais para que isso aconteça. Parece que tem uma seda fina, mas firme que me impede de conseguir algumas coisas. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Migo, vem cá, me dá um abraço! ahahah A gente se entende bem! Mas a gente consegue, beleza? Vamos colocar isso na cabeça! ahaha

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Cansei de brincar de ser trouxa

Eu cansei das mensagens visualizadas e não respondidas. De ter que estar pronta pra quando você quisesse, mas nunca poder contar com sua presença quando eu queria. Eu cansei de ser sempre tudo do seu jeito, de mendigar sua atenção, de tentar me encaixar entre um horário e outro da sua agenda, de me esforçar pra caber nuns buraquinhos esquecidos da sua vida. 
Cansei das idas e vindas, cansei da falta de atitude, cansei das vezes em que você disse que eu era tudo o que você queria, só não era agora, só não era a hora. Eu cansei de escrever sobre você, de dizer que ia te esquecer, de voltar atrás, de tentar mais um pouco, de insistir mais um tanto. Eu cansei naquela noite em que você não voltou. Naquele silêncio em que a gente não dividiu. Na madrugada inteira que você não me aqueceu e eu morri de frio. 
Eu cansei depois daquele seu olhar vazio quando eu apareci de surpresa. Eu cansei de achar que era você, e era eu, você só não sabia. Porque, quando é, a gente sabe desde o começo. Eu cans…