Pular para o conteúdo principal

Indicação de Livro: Conectada


ACONTECEU. Finalmente, a Carol Ruedas lançou mais um livro, chamado Conectada. Para quem não conhece a Carol, uma explicação rápida: ela é minha amiga, autora do livro O Mundo Imutável de Melina e dona desse blog aqui. Ela é também uma das escritoras mais sensíveis e leves que eu conheço. Sou fã declarada e vivo indicando pra todo mundo. Então, eu não podia deixar de indicar o novo livro dela também, certo?

As informações do livro estão todas no vídeo aí de cima, feito pela própria Carol, mas divido por aqui também: Conectada conta a história por trás dos bastidores de uma blogueira em ascensão nas internets. Catarina tem 23 anos e, aparentemente, tem uma vida perfeita nas redes sociais. Só que a vida por trás das fotos e dos filtros é um pouquinho diferente: tudo uma verdadeira bagunça, com crush lixo, escolhas bem erradas, problemas de autoestima e amigos excêntricos. 



Se alguém quiser saber o que esperar da escrita da Carol, indico muito dar uma olhada no que ela escreve. Tem texto dela até por aqui

Conectada está disponível em formato de ebook na Amazon por apenas 10 dinheiros (R$10,00 só, gente!) e pode ser comprado nesse link: https://www.amazon.com.br/dp/B01HYISE30. Para quem não tem Kindle, não tem problema nenhum, dá pra baixar um aplicativo no seu celular ou tablet e enviar o livro comprado pra lá. 

Curtiu? Então não perde tempo e confere também a página do livro no Facebook. Lá você consegue ainda mais informações sobre os personagens.

Comentários

  1. Amei a história do livro. Já está na lista dos que pretendo ler futuramente. Dei uma olhadinha no seu blog também, e me identifiquei muito com sua escrita, com a capacidade de escrever coisas tão simples, porém com um significado tão importante e intenso. Parabéns. www.luaintensa.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

A história do fim de uma amizade

Você sentiu falta. Ligou, procurou, correu atrás. É estranho que isso tenha acontecido depois de tanto tempo. É estranho que tenha acontecido quando a alegria acabou, o namoro acabou, aquela sua maré ótima acabou. É estranho que você tenha buscado o colo e não a comemoração. Você sentiu falta, e eu queria que isso tivesse acontecido antes. Sentiu falta, e eu queria que eu voltasse a me importar com isso. 
Você veio, me abraçou, e teve um abismo enorme entre nossos dois corpos. A gente não soube o que falar, não soube até onde podia ir uma com a outra, não soube que novidades contar, não soube nada. Rimos aqui, ali, falamos aquele superficial que falamos com uma colega qualquer e depois nos perdemos em um silêncio que durou minutos, mas pareceu durar uma vida. 
Durou uma vida. Nossa amizade, tantos anos de risadas, de abraços, de choros, de lágrimas. E por isso é quase desumano soltar a mão de alguém que esteve com a mão entrelaçada na minha durante todo esse tempo. Mas acredito que nos …

Cansei de brincar de ser trouxa

Eu cansei das mensagens visualizadas e não respondidas. De ter que estar pronta pra quando você quisesse, mas nunca poder contar com sua presença quando eu queria. Eu cansei de ser sempre tudo do seu jeito, de mendigar sua atenção, de tentar me encaixar entre um horário e outro da sua agenda, de me esforçar pra caber nuns buraquinhos esquecidos da sua vida. 
Cansei das idas e vindas, cansei da falta de atitude, cansei das vezes em que você disse que eu era tudo o que você queria, só não era agora, só não era a hora. Eu cansei de escrever sobre você, de dizer que ia te esquecer, de voltar atrás, de tentar mais um pouco, de insistir mais um tanto. Eu cansei naquela noite em que você não voltou. Naquele silêncio em que a gente não dividiu. Na madrugada inteira que você não me aqueceu e eu morri de frio. 
Eu cansei depois daquele seu olhar vazio quando eu apareci de surpresa. Eu cansei de achar que era você, e era eu, você só não sabia. Porque, quando é, a gente sabe desde o começo. Eu cans…