20 de novembro de 2016

Meu mês de Kindle Unlimited


Já fazia um tempo que eu queria experimentar o Kindle Unlimited e eu estava bem curiosa para saber se eu iria curtir. Mas, como boa mão-de-vaca que sou, sempre enrolava e deixava para depois. Não porque eu ache o valor muito alto; na realidade, acho um valor bem justo. Acontece que eu tenho um certo apego com livros físicos e não sabia se queria pagar para ter acesso a ebooks emprestados que, depois, eu teria que devolver

Mas aí minha memória (ou a falta dela) resolveu trabalhar a favor da plataforma. Eu tinha me cadastrado para experimentar o mês grátis (em que você tem acesso a amostras dos livros) e, no cadastro, incluí o número do meu cartão de crédito. Não usei muito o mês de amostra, mas acabei esquecendo de cancelar meu cadastro. Quando o mês acabou, a cobrança do mês seguinte foi automática. Aí já era, eu tive que começar a usar para compensar o gasto, certo?

Para quem não sabe ao certo como funciona, o Kindle Unlimited é uma plataforma que te dá acesso a milhares de livros por R$19,90 por mês. Ele funciona mais ou menos como um Netflix de livros, que você pode acessar pelo Kindle ou por aplicativos no celular, computador ou tablet. Você tem direito a baixar até 10 livros de cada vez, e pode ir devolvendo quando acaba de ler para pegar outros. 

Ao contrário do que eu pensava, eu gostei muito das opções de livros que ele disponibiliza. No fim do meu mês, fiquei até bem triste porque faltava muita coisa que eu queria ler. 

O que eu li no meu mês de Kindle Unlimited


Harley & Rose, da Carmen Jenner
Ainda não sei dizer se amei ou odiei esse livro. Então vou ficar com o meio termo: gostei, mas com alguns poréns. O principal: a sinopse é horrível. Sério, acho que uma das piores sinopses que vi nos últimos tempos. 

Quando peguei o livro para ler, eu queria algo para a ressaca literária, leve e gostoso de ler. E o livro foi assim até a metade. Depois, rolou uma reviravolta do nada. Algo bem inesperado no início e que me deixou bem perdida. Eu fiquei tão puta que cogitei parar a leitura, mas já tinha me apegado aos personagens e continuei. 

E aí rolou toda essa relação de amor-e-ódio. Ri, chorei, me irritei e fiquei com vontade de jogar o ebook longe. Se quiser se aventurar na leitura, esteja ciente que a sinopse dele é ruim.

*Disponível em inglês



Peter Pan, do J.M. Barrie
Eu já tinha lido Peter Pan quando era mais nova, mas minha leitura anterior no Kindle Unlimited (Harley & Rose) cita Peter Pan muitas vezes ao longo da história, o que acabou me deixando com saudade. 

Reli e lembrei da infância, da quantidade de vezes que assisti aos desenhos e filmes do Peter Pan e de como eu adorava a história. Uma releitura bem gostosa de fazer. 

Para quem não conhece (existe alguém?), a história é sobre Peter Pan, a única criança que não cresce. É um clássico da literatura infantil que vem ultrapassando gerações e nos transportando para um mundo mágico de fadas, piratas, sereias e muito mais. 





Amor em Jogo, da Simone Elkeless
Eu já tinha lido Química Perfeita da Simone Elkeless e não tinha gostado muito. Apesar disso, resolvi dar uma chance para Amor em Jogo, porque muita gente já tinha me indicado. 

Achei um livro ok. Não super amei, nem super odiei. Na verdade, nem sei dizer ao certo o que me incomodou no livro, acho que ele apenas não me ganhou

Mas é uma leitura válida para quando você não sabe o que ler e é rápida, o que sempre é bom. Além de levantar a problemática sobre se rebaixar e se tornar submisso em uma relação. 





Adorkable, da Cookie O'Gorman
Esse é um ótimo livro para te entreter, exatamente o que eu gosto de ler depois de algum livro pesado. Algo fofinho, bonitinho e romântico. Adorkable preenche todos os requisitos para um bom livro para a ressaca literária. 

Ele conta a história de Sally, uma adolescente de dezessete anos que sofre com a pressão da mãe e da melhor amiga para arranjar um namorado. Depois de muitos encontros armados com caras estranhos, ela decide dar um basta na situação. Para isso, ela resolve se envolver em um namoro falso. E seu namorado fake é nada mais, nada menos do que seu melhor amigo, Becks. 

Essa é uma história de amor e amizade, em uma leitura bem leve e rápida. Indico! 

(Leia a sinopse)*Disponível em inglês



O lado feio do amor, da Colleen Hoover
Eu já tinha lido Métrica, da Colleen, mas não sei por que raios demorei tanto para ler mais livros da autora. Até porque tenho muitas amigas que amam tudo o que ela escreve e viviam me indicando. Resolvi mudar esse cenário com O lado feio do amor e não me arrependo. 

Não que eu tenha morrido de amores por esse livro, não morri. Na verdade, ele me irritou em diversas partes e eu não gostei muito dos personagens (para falar a real, os personagens me encheram bem o saco). O livro também não me surpreendeu muito, porque imaginei o que tinha acontecido logo no começo. Mas, apesar de tudo isso, a escrita da Colleen é muito boa e acho que foi a escrita que me segurou até o fim da história. 

Foi a escrita dela também que me fez ler o livro seguinte e que se tornou minha melhor leitura do mês (livro abaixo!!!!). 




Um Caso Perdido, da Colleen Hoover
Com certeza, esse foi meu livro favorito desse mês. Depois de ler O lado feio do amor, resolvi que ia me aventurar em mais livros da Colleen. Foi aí que vi que Um Caso Perdido (da série Hopeless) estava disponível no Kindle Unlimited e baixei o ebook na hora. 

Preciso dizer que grande parte da minha grata surpresa com esse livro aconteceu porque eu não li a sinopse nem nenhuma resenha, apenas comecei a ler a história de uma vez. Por isso, não vou falar muito sobre ele aqui também, desculpa. 

Só posso dizer que ele me envolveu, me deu muito assunto para pensar sobre o que considero certo e errado, além de ter me surpreendido. Leitura favorita do Unlimited. 





Sem Esperança, da Colleen Hoover
Esse livro também é da série Hopeless e conta a mesma história de Um Caso Perdido, mas pelo ponto de vista do Holder, o garoto que aparece no primeiro livro. Preciso admitir que eu tenho uma certa preguiça de ler a mesma história por diferentes pontos de vista, então não amei muito esse livro não. E também não gostei dessa capa. 

Maaaas...gostei bastante de alguns trechos da história e o livro me fez gostar mais ainda do personagem. 

Acho que eu teria preferido que, ao invés de um livro novo só para mostrar o ponto de vista dele, a autora tivesse incluído alguns capítulos dele em Um Caso Perdido





Cinder & Ella, da Kelly Oram
Esse foi o último livro que li no mês. Eu queria algo rápido para ler, porque só tinha mais 2 dias de Kindle Unlimited. E gostei da ideia de ler um livro sobre melhores amigos virtuais. 

O que posso falar desse livro é que achei que ele tinha tudo para ser melhor. Ele aborda diversas temáticas que me agradam, como bullying, amizade na internet, problemas com autoestima e superação de cicatrizes físicas e mentais. Mas achei que faltou alguma coisa para me segurar na história. Para falar bem a verdade, eu só acabei de ler porque não queria deixar minha última leitura incompleta e não ia mais ter tempo para começar um livro novo. Acho que foi o livro que menos gostei do mês. 

*Disponível em inglês



*Não paguei mais um mês de Kindle Unlimited porque eu realmente preciso voltar a escrever e, lendo um livro atrás do outro, não estava rolando. Talvez no ano que vem eu volte a assinar a plataforma e conto das minhas novas leituras aqui. 

E vocês, usam o Kindle Unlimited? Me contem o que acham e se têm indicações de livros.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Deixa sua opinião ou sugestão de post aqui que a gente vai adorar ler! ;)